25.2.03

UMA MENSAGEM PARA OS NOSSOS DIAS...


Em determinados momentos a Bíblia fala da loucura que representa o fato de o homem ser Cristão para os que estão de fora. Na realidade o que parece loucura não é o fato de sermos Cristãos, mas os conceitos pelos quais somos norteados. Nós que fomos chamados por Deus para um viver santo, reto, justo.... entendemos os fatos espirituais com extrema facilidade. Mas, pensando bem, imagine que argumentos, ou que fatos estranhos são representados em nosso discurso.
Por vezes vemos nos terminais irmãos nossos gritando (para uma fila que nem sequer olha para saber do que se trata) você precisa se arrepender e pedir perdão a Deus. Mas em meio ao nosso tempo de forma singular existe um fato que pesa contra esse tipo de discurso. Arrepender-se do que ? Pedir perdão a que Deus? Vivemos em um tempo onde os referenciais antigos de tanto que foram questionados já não existem mais. Os conceitos de certo e de errado foram diluídos, levados do âmbito coletivo para o particular, o que vale e o que é certo, é o que o meu coração julga ser certo.
O grande desafio que surge para as nossas vidas é traduzir a loucura da pregação para os nossos dias. Cada vez mais precisamos sair da condição de acomodação a que nos submetemos hoje. Não precisamos sair gritando por ai as coisas, pois se há desvantagens em nossos dias, também há vantagens. Nunca foi tão fácil espalhar uma noticia. Mas para que esse anúncio seja levado em consideração, o que anunciamos precisa ter relevância. O que precisamos é pensar e pedir ajuda (iluminação) a Deus para podermos ter uma mensagem que transcenda os limites de nossa época. Ou será que Deus não é suficientemente capaz, para nos dar uma mensagem que rompa com as estruturas das dificuldades da falta de valores e paradigmas com os quais nos deparamos hoje.
A minha oração e o meu pedido é que reflitamos sobre o tipo de Testemunho que temos dado, que tipo de mensagem temos anunciado. As pessoas que estão ao nosso redor são responsabilidade nossa. Precisamos de uma mensagem Relevante.
Deus nos abençoe.

Nenhum comentário: